Vera Verão ou o Duplipensar enquanto Militância

FAVOR LER UPDATE NO FINAL DO POST A RESPEITO DA POSTURA DA LOLA 

Enquanto escrevo este post, estou bloqueado no Twitter por excesso de tweets enquanto duas conhecidas figuras da blogosfera “progressista”, Cynara e Lola se engajam em mais uma campanha de ataques ao “gay misógino” ou seja-lá-qual-for o adjetivo que estão empregando agora.

Até onde se sabe, tudo começou quando Cynara resolveu tomar as dores de um deputado petista que teria respondido a um tweet grosseiro do “gay misógino” responsabilizando o PT pela entrega da CDHM ao PSC chamando ele de “boneca agressiva” coisa que posteriormente o mesmo deputado justificou como “resposta a uma grosseria que tinha cara de gente reacionária”.

Estando o caso exposto nos links acima, a pergunta que se faz a pretensas combatedoras da homofobia e demais formas de discriminação como Lola e Cynara é: SE FOR PRA ATACAR UM OPONENTE POLÍTICO TÁ LIBERADO?

Permitam-me ser mais claro: vamos admitir, para efeitos de argumentação, que tudo, absolutamente TUDO o que Lola e Cynara dizem a meu respeito seja verdade. Não que eu me importe, porque minha opinião a respeito das duas é certamente pior do que tudo o que elas possam dizer verdadeiro ou não a meu respeito, mas vamos considerar a hipótese que elas estejam corretas. Isso justifica que Cynara, supostamente combatedora da homofobia e de demais formas de preconceito, use a expressão “bicha nojenta” como forma de xingamento, usando assim da condição de homossexual como algo ofensivo?

Um argumentador mais sofista poderia dizer “ah, mas bicha não é ofensa, o ofensivo é o nojenta”, ao que se pode responder que desconheço caso de homossexual que admita ser chamado de “bicha”, “viado” ou qualquer outro termo homofóbico fora de um contexto de relação íntima de amizade/afeto que não vá considerar isso ofensivo. Simples. O fato de que Cynara me odeie dá a ela o direito de tratar a condição homossexual como ofensa e depois querer posar de “defensora dos LGBTs”?

Durante o exílio no Twitter, acabou que me lembrei da saudosa Vera Verão, personagem do inesquecível Jorge Lafond. Vera Verão era, para usar o termo cujo uso é tão caro à Cynara, uma “bicha” daquelas bem espalhafatosas, que se destacava por suas brigas abusando de termos ofensivos contra a personagem da Edna Velho. Vocês lembram qual era a única coisa que tirava Vera Verão do sério? Pois é.

P. S.: E no mesmo dia um conhecido petista “ex-bi” tratou de “desmascarar” um oponente político como uma “biba gorda”. E a gente ainda estranha que este seja um governo cujo grande mérito na questão dos direitos LGBTs foi condenar PROPAGANDA DE OPÇÃO SEXUAL.

UPDATE: Lola escreveu sobre a incorreção de se usar ofensas que se aplicam a um grupo como um todo. Ponto pra ela.

Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: